Dharma5 Blog

Porque não consigo parar de comer pão?

Certamente já te aconteceu ires a passear numa rua movimentada, a veres descontraidamente as montras ou as pessoas que caminham apressadamente de um lado para o outro, e estares perdido nos teus próprios pensamentos quando, subitamente, surge um aroma delicioso no ar.

“Cheiro a pão quente!”

Rapidamente entras em estado de alerta, a imagem de pão quente barrado com manteiga invade o te cérebro e começas a salivar dos cantos da boca! E tu, que não estavas a desejar nada de momento, passas a desejar tudo…

“Eu preciso de comer aquilo, e preciso disso AGORA!”

Quem nunca?

bread-breakfast-baguette-sliced.jpg

O que te acontece é perfeitamente natural.

Acontece porque ao cheirar determinado tipo alimentos ( ou até mesmo só de imaginar) o teu cérebro desencadeia a libertação de prazer e recompensa o neurotransmissor (dopamina) no teu corpo, que estava armazenado em memórias de prazer.

Assim, na maioria das vezes, quando desejamos carboidratos simples, como pão, massa e pastelaria, é porque o teu corpo correu um padrão programado de conquista de prazer, ou se quiseres, serotonina. E então atacamos ferozmente o pão, que era para ser apenas uma fatia….e acabou por ser o pão completo.

E o pão não é o único, seguramente que o mesmo já te aconteceu com aquele pacote de bolachas ou batatas fritas. O problema é que esses carboidratos simples nunca nos satisfazem, estão recheados de compostos artificias com a intenção de comermos mais e ainda termos mais desejos.

Isso ocorre porque o teu cérebro não tem os nutrientes que precisa e continua a procurar por eles e, ao mesmo tempo, criaste adição a alguns dos elementos habilmente adicionados pela industria alimentar com uma única intenção: viciar-te a comprar mais e mais.

Já te aconteceu dares por ti em frente da despensa a olhar para todos os cantos à procura de algo para comer e a pensar:

“O que estou aqui a fazer?” “

Porquê que ainda tenho fome se comi há uma hora atrás?”

“O quê que posso comer mais?”

Já?

Então, para evitares que estas situações se repitam, deixo-te algumas coisas que o teu corpo precisa para ajudar a aliviar estes desejos.

Embora o aconselhado seja uma total desintoxicação do corpo, deixo-te algumas técnicas que eu utilizo para regular os níveis de açúcar no sangue. Resultaram comigo (que era completamente viciada em doces!!), e podem também resultar contigo:

  • Comer alimentos com proteína

Como carne de origem biológica, espargos, brócolos e feijão.

  • Comer alimentos com magnésio

Como vegetais de folhas verdes, algas marinhas, cacau cru, coentros e manjericão.

  • Criar uma boa rotina de sono 

Um truque: desliga os teus aparelhos eletrónicos cerca de uma hora antes de ires para cama e faz algo relaxante que te ajude a ficar mais tranquilo, como por exemplo ler.

  • Ter uma resposta a impulsos de comida emocional

Se anseias por um alimento devido a uma resposta emocional, experimenta perguntar-te a ti mesmo como podes satisfazê-lo sem alimentos. Dá uma caminhada, liga a um amigo, faz qualquer coisa que possa interromper o padrão e a ajudar o teu corpo a sentir-se emocionalmente satisfeito.

Gostaste deste artigo? Deixa em baixo o teu comentário