Dharma5 Blog

O Mantra Shiva: Eu Honro a Divindade Dentro de Mim

O que são mantras

Literalmente, mantra significa instrumento do pensamento. Os sons mântricos são o melhor instrumento para limpar a mente e desintegrar os condicionamentos.

Mas a repetição de um som não é um fim em si mesmo. Ela se faz em função dos resultados: estabilidade do pensamento e expansão da consciência.

Enquanto os sons comuns são manifestações da Shaktí, o poder da natureza, os mantras são expressões concentradas desse mesmo poder, forças criativas que agem diretamente sobre a consciência.

Shiva e seus significados

Shiva é um dos deuses da Trimurti (Trindade) hindu, e simboliza o poder da destruição e da transformação. Os outros dois são Brahmá, o Criador, e Vishnu, a força que mantém a Criação. Esses três são a manifestação de um único poder, sendo, portanto, inseparáveis.

Shiva é casado com Parvati, que representa Prakriti, a matéria. Isso mostra que o poder de destruição só pode se manifestar quando associado a algo perecível.

Como destruidor da ignorância (avidya), Shiva é representado meditando nas neves do Monte Kailasa, do Himalaia. Sua postura simboliza a serenidade, a disciplina (sádhana) e o comando do corpo, dos órgãos de percepção (os sentidos) e da mente. A brancura da neve representa a mente sátvica, purificada, nem deprimida (tamásica), nem agitada (rajásica), o que é necessário para se poder meditar.

Shiva representa não só o mais alto estado de perfeição humana (a plenitude da Sabedoria), como, também, os meios para alcançá-lo. Seus olhos estão entreabertos, mostrando que sua mente está absorta no Ser e seu corpo se relaciona com o mundo (completamente fechados indicariam total desligamento, e bem abertos, completo envolvimento com o mundo).

O mantra Om Namah Shivaya

No vídeo acima, o yogi Pedro Kupfer te guiará na entoação do mantra Om Namah Shivaya. Esse mantra consiste de uma saudação, namah, e o nome do Senhor Shiva no caso dativo, significando ‘para Shiva – shivaya’. Para o Senhor Shiva, aquele que é auspicioso porque que elimina o sofrimento, eu ofereço minhas saudações – om namah shivaya.

 


 

Como foi a prática? Compartilhe conosco nos comentários abaixo!

Pedro Kupfer

Pedro Kupfer