Dharma5 Blog

Como Aumentar o Número de Clientes e Alcançar o Impacto que Desejas ter no Mundo

Esta partilha vai ser um pouco ao lado das nossas tradicionais partilhas, porém, como a Internet é cada vez mais preponderante na nossa vida e sociedade, mais e mais pessoas da nossa comunidade estão a começar os seus negócios pessoais utilizando o Online.

Cada vez mais, temos seguidores nossos que são Coaches, Terapeutas, Trainers – ou mesmo empreendedores digitais – e porque sabem que temos bastante sucesso, pedem-nos para partilharmos aquilo que sabemos.

Este artigo é para eles e, caso sejas um deles, continua comigo porque vai ser útil.

Então vamos lá, João, preciso de mais clientes como vocês conseguem?!

A verdade, que pode parecer estranha, é que não tens um problema de falta de clientes, esse problema na realidade é apenas um sintoma, o teu verdadeiro problema vai cair num destes baldes:

-> A tua recusa em ajudar as pessoas
-> A tua incapacidade de perceber quem valoriza de facto o que fazes e como valoriza
-> A tua incapacidade de organizar o que fazes num modelo de negócio escalável 

Pode parecer chocante, porém, é a mais pura das verdades! Porque o tema é extenso, ao longo deste artigo, vou focar-me principalmente no primeiro ponto, a tua recusa em ajudar pessoas.

Ou se quiseres o – “Eu quero ser pago antes de te ajudar!”

Antes de mais, antes de começares a levantar as tuas defesas, imagina agora algo comigo por um momento…

Pensa na última vez que surpreendeste os teus amigos com um presente.

Lembras-te do que conseguiste?

Como eles se sentiram?

Ficaram gratos?

Felizes e contentes?

E tu? Como te sentiste?

Bem? Entusiasmado? Feliz?

E agora, diz-me…

Fizeste isso com a intenção de tirar alguma coisa deles no dia seguinte? 

Ou, simplesmente o fizeste porque querias que eles se sentissem bem?

Por um momento, já pensaste que é exatamente assim que podes conseguir todos os clientes que dizes que precisas?

E se o teu tempo passado em ansiedade, na procura de táticas para conseguires ter mais clientes (vendas e marketing) pudesse, em vez disso, ser preenchido com pequenas doações intermináveis e amigáveis do valor que tens para oferecer?

Porque é exatamente isso que é feito pelas pessoas que têm mais sucesso que tu, e tudo isto acontece bem debaixo do teu nariz, todos os dias e sem sequer reparares.

A verdade, é que se tens problemas para conseguir passar a ter muitos clientes é porque estás a tentar “caçá-los”.

Para de tentar caçá-los!

Começa a oferecer-lhes presentes!

Se queres ter clientes, começa a pensar neles como teus amigos e com antecedência… ajuda-os sem avisar!

Repensa se aquilo que partilhas é sobre ti ou sobre eles, se te ajuda a ti ou se os ajuda a eles.

Ao invés de fazeres a partilha amadora do “printscreen” de resultados ambíguos que tiveste e que só falam sobre ti, ou como eventualmente és incrível, aproveita para demonstrares  o que podes fazer por eles.

Afinal, há um limite no que consegues ensinar num post, vídeo, ou artigo certo?

Um pouco como estou a fazer aqui neste artigo, onde até agora apenas abordei uma das opções e ainda assim talvez metade das pessoas que começaram a ler já tenham saltado fora!

Consegues entender? 

Só neste tema havia tanto que te podia ensinar, que para conseguires tirar o máximo valor teríamos de passar tempo juntos e ir bem mais fundo. A diferença é que ainda assim, mesmo com esta informação já estás a tirar valor, certo?

Percebes a diferença? Este artigo é sobre ti!

Ao invés de colocar aqui “prints” dos milhares de alunos que as nossas campanhas na dharma5 geraram de dia 1 de Janeiro de 2019 até agora, e como somos os únicos a conseguir fazer isso diariamente e repetidamente, desde há quase 5 anos, preferi mostrar-te porque não estás a conseguir ter os clientes que procuras.

Ao invés de fazer partilhas de “mais um programa premium na ilha de Bali totalmente esgotado em 48h” e como somos incríveis a criar programas que pessoas amam, preferi aprofundar um dos pontos de porque não estás a ter clientes.

Estou aqui há cerca de 15 minutos a bater furiosamente  nas teclas do computador com a única intenção de deixar este assunto bem claro para ti.

Ou seja, o que te estou a dizer é que não precisas de mais clientes, tu precisas de:

-> Ajudar mais as pessoas
-> Perceber quem valoriza de facto o que fazes para saberes como ajudar melhor
-> Saber como organizar o que fazes num modelo de negócio escalável 

E AGORA QUE JÁ SABES O PORQUÊ, VAMOS A UM PEQUENO PLANO DE AÇÃO PARA SAÍRES DO CONCEPTUAL E TIRARES AINDA MAIS VALOR

1. Escolhe uma pessoa ideal que gostarias de ter como cliente.

2. Pensa numa parte pequena, mas significativa, do teu serviço e que teria imenso impacto nos problemas ou ambições, dessa pessoa e… Escolhe fazer de graça!

3. FAZ. Usa 20% do teu tempo diário a fazer isso para essa pessoa… Só porque sim, sem custo, sem segundas intenções. Por amor.

4. Faz isso repetidamente e com consistência, e quando não conseguires, partilha em detalhe com eles porque não conseguiste. Porque “falhaste”, porque naquele dia foste humano. Vai ser incrível, vai funcionar como nunca imaginaste e vai ser incrivelmente honesto.

Vais fazer? Honestamente espero que sim e, ainda mais importante, vais fazer porque estás aqui de coração? 

Entendeste o conceito, vais interioriza-lo e fazer o que precisas de um sítio de honestidade e integridade, ou como grande parte das pessoas estás agora a imaginar o dinheiro que podes fazer apenas com este ponto dominado e, sem amor queres simplesmente adicionar estas “minhas táticas” a outras que já viste em outros lugares?

Se é a última fica o alerta, essa atitude é EXATAMENTE porque tens dificuldade de criar conteúdo e, principalmente, porque os clientes não te querem. 

Eles percebem que aquilo que estás a fazer vem de um sitio de quem simplesmente está a pensar no dinheiro deles ANTES de entregar o valor que eles (não tu) querem.

Isto é especialmente importante quando ainda não tens credibilidade no mercado!

Antes de quereres receber, precisas de ter amor e aprender a dar. Fim!

Resumo Final:

Tu não tens um problema de falta de clientes isso é um sintoma, tu tens apenas um destes:

-> recusa em ajudar as pessoas
-> incapacidade de perceber quem valoriza de facto o que fazes e como valoriza
-> incapacidade de organizar o que fazes num modelo de negócio escalável 

Dúvidas ou questões? Partilha em baixo que gosto de responder!

E para participar do programa Dharma5 Trainers, só clicares no banner abaixo e garantir a tua vaga:

João Machado

João Machado