Dharma5 Blog

9 ERROS que as pessoas verdadeiramente confiantes NUNCA cometem

Antes de mais ninguém nasce confiante, é algo que tem de ser treinado através da adoção de grandes hábitos. Se falares com uma pessoa confiante ela vai-te dizer justamente isso.

Eu sei (melhor do que ninguém) que não é algo fácil de conseguir. Pensamos que a confiança se ganha com a idade, mas a verdade é que ainda nos sentimos desconfortáveis e inseguros em diversas situações do nosso dia-a-dia. Em tudo.

Quando realizas uma tarefa no teu escritório mas na altura de a apresentares ao teu chefe nunca tens a confiança suficiente naquilo que fizeste (por qualquer motivo parece sempre que nunca está bom o suficiente)

Ou quando tens de falar em público e começas a ficar nervoso, as palavras começam a ficar enroladas, as mãos a tremer e nem sabes bem como agir com tantos olhares focados em ti. 

Ou então quando tens uma ideia genial para um projeto mas quando contas alguém te diz imediatamente “isso nunca vai resultar!” e tu até tens os argumentos na tua cabeça mas preferes ficar calado porque não tens a confiança para te justificar e tens medo de ser julgado.

Já te aconteceu alguma destas situações constrangedoras? Pois bem, nós temos algumas dicas do que NÃO FAZER para seres finalmente a pessoa confiante que sempre ambicionaste ser.

Então a lista que se segue são tudo coisas que as pessoas confiantes pura e simplesmente nunca fazem:

1. Comparar-se com os outros.

Mark Twain disse que a comparação rouba a alegria. A comparação também rouba a confiança.

Acontece que as pessoas confiantes não se comparam com outras pessoas para saber se estão a ser suficientes ou não. Antes pelo contrário, elas não se comparam: aprendem com os outros. Como? Através da procura de mentores e treinadores. Certificam-se de que estão conectadas a outros que podem ajudá-las a crescer. Mas, nunca, nunca ficam presas na armadilha da comparação.

Quando te comparas com os outros, não te focas nas forças e talentos únicos que possuis. A comparação apenas prejudica o teu sentido de individualidade. Gera sentimentos de insegurança e ciúmes. Também não é eficaz, pois só consegues vislumbrar uma parte da realidade. Quando te comparas aos outros, nunca conheces toda a história. É como se costuma dizer: “Sabes o meu nome, não sabes a minha história. Sabes o que fiz mas não sabes o que passei”.

Portanto, o que tu estás a ver é, na melhor das hipóteses, uma imagem incompleta dos outros de qualquer maneira.

2. Viver no passado

Não podemos mudar o passado mas podes aprender com ele. As pessoas confiantes não estão concentradas no passado, estão focadas no presente e imaginam o que podem criar para o futuro.

Relembrares constantemente o passado acabas por roubar a tua capacidade de ver e aproveitar as oportunidades do presente. Acredita: as pessoas bem sucedidas simplesmente não fazem isso, e se tu queres aprender a ser mais confiante também deves parar de o fazer.

3. Precisar de aprovação

Não dá para andar “à caça“ de aprovação e conseguir ter confiança ao mesmo tempo. Não, não vai funcionar dessa forma.

Se permitires que os elogios alheios sejam o teu único motivador, então prepare-te para cair com as críticas alheias também, porque elas vão acabar por te derrubar. Quem quer viver numa montanha-russa de emoções? As pessoas confiantes certamente que não!

Quando desejas os elogios e a admiração dos outros, então estás à procura de confiança fora e não dentro de ti. A confiança é um trabalho interno que só TU podes fazer, ninguém te pode dar.

blog-59.jpg

4. Não confiar nos seus instintos e na voz interior

Pessoas verdadeiramente confiantes assumem o controlo do seu diálogo interno. Usam a auto-consciência para construí-lo e não para o derrubar. Assim, afirmam os seus pontos fortes e as suas capacidades. Desta forma, conseguem resultados positivos nas suas vidas.

Mas então as pessoas confiantes não têm nenhuma insegurança ou auto-crítica? CLARO QUE SIM. Mas simplesmente não fazem disso um grande dilema e seguem em frente, entendendo que a incerteza é algo natural do ser humano. Podem não estar sempre com 100% de certezas, mas têm a coragem de encarar os problemas com tranquilidade e assertividade, não dando ouvidos aos medos internos. Essas pessoas entendem que o auto-encorajamento positivo é o combustível para o sucesso, para que nunca fiquem presas à crítica interna.

5. Parar com as conquistas

Ambição é sinónimo de sucesso. As pessoas confiantes continuam a aprender e a crescer, procurando sempre mais. Celebram as suas vitórias mas nunca descansam sobre as suas conquistas.

6. Ficar paradas

Pessoas confiantes são pessoas de ação. As pessoas confiantes não cruzam os braços e não têm medo de fazer as coisas acontecerem, na verdade, elas insistem nisso.

7. Dizer “Sim” o tempo todo

Este tipo de pessoas com confiança compreendem a importância de estabelecer e impôr limites. Por isso, entendem que dizer “Não” em determinadas situações não é necessariamente mau, antes pelo contrário. Muitas vezes, dizer “não” é necessário. As pessoas confiantes não sentem qualquer culpa por ter dito “Não” aos outros.

8. Dar espaço para a inveja

O truque é não ter ciúmes ou inveja do sucesso alheio. Bem pelo contrário: estas pessoas são as primeiras a aplaudir de pé e a congratular as vitórias dos outros. Fazem-no porque sabem que as conquistas dos outros não diminuem em nada as suas próprias realizações. As pessoas confiantes sabem que há muito espaço para que todos possam ter sucesso.

9. Parar de aprender

Podemos dizer que as pessoas de sucesso são eternos alunos durante toda a vida. E é justamente esse o segredo: nunca parar de enriquecer o conhecimento, porque conhecimento é poder.

As pessoas confiantes são leitoras regulares. Também costumam frequentar aulas, workshops, conferências…tudo que lhes possa acrescentar algo mais.

O maior erro daqueles que procuram ganhar confiança é acreditar que se trata de algo que é concedido num dia (como por magia!) e que torna imediatamente tudo mais fácil. Não é nada disso!

Lembra-te que as pessoas confiantes são seres humanos iguais a ti, que também têm medos e receios, mas que simplesmente se recusam a aceitar uma vida paralisada por essas mesmas angústias. Em vez disso, elas intensificam e criam as vidas que elas querem liderar.

Sentires-te confiante não está, de todo, fora do teu alcance. Está à tua disposição. Tudo o que precisas de fazer é adotar os hábitos de pessoas confiantes e, em breve, verás que também serás uma!

Se gostaste deste artigo, convido-te a partilhares com quem quiseres nas redes sociais ou a deixar um comentário na nossa caixa que se encontra abaixo.